Atletas baianos conquistam 16 medalhas no Brasileiro de Canoagem - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

terça-feira, 26 de outubro de 2021

Atletas baianos conquistam 16 medalhas no Brasileiro de Canoagem


Canoístas baianos brilharam em mais um campeonato brasileiro da modalidade, que ocorreu neste fim de semana, em Brasília. Ao todo, foram 16 medalhas conquistadas pela delegação baiana, sendo sete de ouro, seis pratas e três bronzes, em nove categorias. Dentre os atletas que medalharam, 10 são alunos do projeto social Remando no Litoral Sul, que competiram nas categorias: K1 Menor, K2 cadete, Mini K1 Infantil, C1 menor e C1 Junior, todos no masculino.

Nas categorias C1 Menor e C1 Sênior masculino, o pódio foi exclusivamente baiano, com Lucas Espírito (ouro), Tailon Nascimento (prata) e Weverson Santos (bronze), pela categoria Menor, e Edivan Francisco (ouro), Helton Silva (prata) e Lucas Queiroz (bronze), na categoria Sênior. Teve dobradinha baiana também nas provas K1 Menor, Mini K1 Infantil e C1 Junior, todos os atletas ocupando primeiro e segundo lugares, no masculino.

Tanto o transporte da delegação para a capital federal quanto o projeto social Remando no Litoral Sul têm investimento da Superintendência dos Desportos (Sudesb), autarquia da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). O projeto social oferece aulas de iniciação esportiva a um total de 360 alunos de baixa renda, de ambos os sexos, na faixa etária de 8 a 18 anos, em núcleos implantados nos municípios de Itacaré, Maraú , Ubaitaba e Ubatã.

Pesar

Todas as medalhas conquistadas foram de provas realizadas no sábado (23), primeiro dia de competição. As provas marcadas para o domingo, último dia do campeonato, foram canceladas em virtude do falecimento, por um mal súbito, ocorrido às 8h, do atleta master Gilmar Dietrich, 66 anos, competidor que representava a cidade de Curitiba (PR) na prova de caiaque. (Tribuna da Bahia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!