Regina Duarte nega demissão de secretaria e explica áudio vazado sobre Bolsonaro: “É crime divulgar, não é?” - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Regina Duarte nega demissão de secretaria e explica áudio vazado sobre Bolsonaro: “É crime divulgar, não é?”


A secretária especial da Cultura, Regina Duarte, negou que tenha sido demitida da pasta pelo e explicou detalhes sobre o áudio vazado na última terça-feira (5), onde ela fala que talvez estaria sendo “dispensada” por Bolsonaro.

“Eu troquei de telefone e estava sem o cartão SIM do smartphone”, disse, explicando o possível motivo pelo qual não foi informada sobre a renomeação de Dante Mantovani para a presidência da Fundação Nacional das Artes (Funarte).

“Não conheço [Dante] Mantovani. Gostaria de conhecer, parece que ele conhece bem do setor. Até então, todas as nomeações eram comunicadas, mas não sou do ramo de gestão, estou aprendendo. Aquilo me chocou [a renomeação]. Às vezes a palavra do presidente é maior que a de todo mundo. Só entra lá quem ele quer. Mas é crime gravar e divulgar, não é?”, disse Regina, em entrevista à CNN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!