China bloqueia 500 respiradores importados pelo governo de São Paulo - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

sexta-feira, 8 de maio de 2020

China bloqueia 500 respiradores importados pelo governo de São Paulo


Parte dos 500 respiradores dos 3 mil comprados pelo governo de São Paulo ficaram bloqueados no aeroporto de Pequim, capital da China. Os equipamento chegariam ao Brasil no sábado (2).

O bloqueio preocupou o governo paulista já que sem os equipamentos não será possível ampliar os leitos para pacientes que estão em estado grave devido a Covid-19. Por lá, as UTIs chegam a capacidade máxima.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, da Folha, o governo chinês fez o bloqueio porque decidiu limitar a 150 o número de itens de cada mercadoria que pode ser embarcada nos aviões para exportação. A ideia é que outros produtos hospitalares, e não apenas respiradores, possam ser entregues em outros países com velocidade.

Diante disso, foi preciso mudar a documentação para que pelo menos os primeiros 150 respiradores cheguem a São Paulo nos próximos dias. O segundo problema, mais complexo, é resolver o embarque dos outros 2.850.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!