Diretor do Ibama é exonerado após operação contra garimpeiros em terras indígenas - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

terça-feira, 14 de abril de 2020

Diretor do Ibama é exonerado após operação contra garimpeiros em terras indígenas


O diretor de Proteção Ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA), Olivaldi Borges Azevedo, foi exonerado do cargo nesta terça-feira (14). 

A medida assinada pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi tomada dois dias após o Fantástico exibir uma matéria que mostrava uma megaoperação contra garimpeiros em terras indígenas no Pará.

A operação que reprimiu garimpos ilegais, desmatamentos e tráfico de animais silvestres, além de afastar invasores para impedir o contágio dos indígenas com a Covid-19, não agradou o Governo Federal. Segundo informações do colunista Rubens Valente, do UOL, outros membros com altos cargos no IBAMA também podem deixar o órgão nos próximos dias.

Uma parte da reportagem exibida pelo Fantástico, traz o depoimento do posseiro Arlisson Brandão, representante de uma associação de garimpeiros que quer ocupar parte da terra indígena Trincheira-Bacajá. Ele afirma ter sido estimulado "com aquela conversa que saiu do governo federal, do ministro, de redução de 5% das áreas indígenas" e diz ter “esperança”de um dia a atividade ser legalizada e possa permanecer no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!