DPT analisa se ossadas encontradas em matagal são de casal colombiano - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

terça-feira, 3 de março de 2020

DPT analisa se ossadas encontradas em matagal são de casal colombiano


Ossadas humanas foram achadas na BA-526, mais conhecida como estrada CIA-Aeroporto, no domingo (1º). Ainda não há informações sobre as identidades. Apesar disso, a polícia investiga se são do colombiano e namorada que estão desaparecidos desde o dia 14 de fevereiro.
Segundo o G1, as ossadas, que estavam na parte da via que dá acesso a Camaçari, cidade da região metropolitana de Salvador, e a menos de dois quilômetros do Jardim das Margaridas, onde o colombiano Edilson Cardona Martinez morava, foram encontradas depois que a família do homem recebeu uma ligação anônima.
Edilson e Kimberly estavam juntos há dois meses e já moravam juntos. Antes de se mudar, o colombiano morava com o primo, que trabalha com ele como comerciante de mercadorias em Salvador. Segundo o familiar, Edilson guardava cerca de R$ 35 mil em sua residência para pagamentos de fornecedores. 
O primo do colombiano afirmou que chegou a alertá-lo para o risco de guardar um valor tão alto em espécie, já que ele usava o imóvel também para atender seus clientes.
As ossadas foram encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), responsável por identificar a identidade e apontar as causas da morte. Não há previsão para a conclusão do laudo técnico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!