Coronavírus: Silas Malafaia recebe críticas por não fechar igreja - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

domingo, 15 de março de 2020

Coronavírus: Silas Malafaia recebe críticas por não fechar igreja


O pastor Silas Malafaia está recebendo críticas nas redes sociais após encorajar as pessoas para ir à igreja. O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo questionou as recomendações das autoridades para a prevenção da rápida proliferação do coronavírus.

"A nossa igreja aqui vai ficar de portas abertas. Se amanhã, os governos disserem que vai [sic] impedir transporte público, fechar mercados, fechar todas as lojas. A igreja tem que ser o último reduto de esperança para o povo. Eu vou estar aqui, como pastor”, pregou em uma publicação na internet.

"Repita essa oração comigo: 'Que esse vírus seja destruído da nossa nação pelo poder do nome de Jesus. Nós te pedimos que esse vírus não consiga fazer desgraça no nosso país'",

Nas redes redes sociais, internautas criticaram a decisão do líder evangélico. "Tem de ser preso, não pelos crimes usuais, mas por atentar contra a saúde pública", escreveu o ativista William De Lucca, no Twitter.

O deputado federal Rogério Correia também foi incisivo: "Está preocupado é com o dízimo para sua empresa que chama de Igreja. Estou falando dele e não generalizando, pois é velho conhecido em explorar a fé".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!