Chineses não aparecem para assinar contrato da ponte Salvador-Itaparica por causa do coronavírus - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

sexta-feira, 6 de março de 2020

Chineses não aparecem para assinar contrato da ponte Salvador-Itaparica por causa do coronavírus


O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), revelou que o consórcio chinês, formado pela CR20 (China Railway 20 Bureau Group Corporation) e pela CCCC (China Communications Construction) não apareceu na segunda-feira (3) para assinar contrato com o governo do Estado para a construção e gestão da ponte que ligará Salvador e Ilha de Itaparica, de acordo com a coluna de Levi Vasconcellos, do jornal A Tarde.

O motivo seria a epidemia do coronavírus que assola a China. Conforme ainda a coluna, não é bem que os chineses corram o risco de trazer o vírus para cá, mas o problema é o baque que isso está causando na economia lá.
O consórcio apresentou lance de R$ 56,21 milhões ao ano como contraproposta a ser paga pelo governo da Bahia para complementar o arrecadado com pedágio da ponte, que vai cruzar a baía de Todos-os-Santos.

*M1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!