Cães e gatos não podem transmitir o coronavírus segundo veterinário na Bahia; veja aqui os esclarecimentos - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

terça-feira, 17 de março de 2020

Cães e gatos não podem transmitir o coronavírus segundo veterinário na Bahia; veja aqui os esclarecimentos


Além da preocupação coletiva com a saúde, em meio ao surto mundial do coronavírus, há grande disseminação de fake news acerca do tema. Uma delas, é que cães e gatos podem se infectar e transmitir a doença para os seres humanos. O veterinário, Fernando Oliveira, desmentiu o boato e esclareceu algumas dúvidas. 

“O coronavírus, o Covid-19, é específico da espécie humana. O cão e o gato têm o coronavírus, mas é de outro subtipo e a ação nesses animais é por via intestinal, enquanto o coronavírus no humano causa alterações respiratórias, nos animais causa alteração entérica”, explicou. 

Ainda conforme o especialista, é importante ressaltar que o vírus que acomete os animais de quatro patas não é transmitido para os seres humanos: a transmissão é feita de cão para cão e gato para gato, através das fezes. 

Nos melhores amigos dos seres humanos, o vírus age de formas diferentes. Para os cachorros, a ação acontece de forma branda e pode ser tratada em até dois dias através de soro. Além disso, há possibilidade da vacina para a prevenção. 

No entanto, a doença atinge os felinos de forma muito mais severa. De acordo com o dr. Fernando Oliveira, não há tratamentos e 99,9% dos gatos acometidos pelo coronavírus acabam vindo a óbito. “O vírus entra em mutação nos gatos e se transforma em outro tipo, por isso o dano é muito maior”, completou. 

Mobilização pelos animais de estimação 

O deputado estadual, Marcell Moraes, publicou em suas redes sociais sobre a propagação de fake News sobre os animais, com intuito de proteger possíveis maus tratos e abandono.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!