Algemados, Ronaldinho Gaúcho e o irmão participam de audiência para explicar passaportes falsos - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

sábado, 7 de março de 2020

Algemados, Ronaldinho Gaúcho e o irmão participam de audiência para explicar passaportes falsos


Presos no Paraguai desde a última quarta-feira (04/03) quando foram flagrados com passaportes adulterados e ficaram sob custódia no hotel, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto de Assis chegaram para depor em uma audiência na Justiça do Paraguai neste sábado (07/03). Eles passaram a noite em uma prisão em Assunção. Ambos algemados.




O Ministério Público do Paraguai disse, por meio de assessoria de imprensa, que o juiz de plantão vai determinar qual será a medida restritiva ao brasileiro, que usou passaporte falso para entrar no país. No pior cenário para o ex-jogador, pode ser decretada uma prisão preventiva.

O Ministério Público tinha decidido não apresentar denúncia contra Ronaldinho e seu irmão, mas, na sexta-feira (06/03), o caso deu uma reviravolta. Após depoimentos durante a audiência, o juiz Mirko Valinotti rejeitou a recomendação dos promotores e ordenou que o caso dos dois irmãos continuasse sob investigação das autoridades paraguaias.

Ambos foram levados para passar uma noite na Agrupación Especializada da Polícia Nacional, uma instalação que já foi usada como cadeia comum, mas que, atualmente, recebe apenas alguns presos de maior relevância. O complexo é considerado presídio de segurança máxima em Assunção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!