Youtuber por trás do ‘desafio da rasteira’, que pode matar, pede desculpas - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Youtuber por trás do ‘desafio da rasteira’, que pode matar, pede desculpas


Uma brincadeira de mau gosto que pode levar à morte, e ganhou as redes sociais nos últimos dias, tem um mentor intelectual por trás. Trata-se do digital influencer Robson Calabianqui, conhecido como ‘Fuinha’, 23 anos, que tem mais de 2 milhões de seguidores em seu canal de YouTube.
Com essa ampla base de fãs, ele conseguiu disseminar Brasil afora o chamado “desafio da rasteira”, que põe em risco as vítimas de uma pegadinha que consiste numa rasteira dupla dada por outras duas pessoas candidatas a assassinas.
Num dos vídeos publicados, e já tirado do ar, ele e o irmão (eles se chamam de Irmãos Fuinha) aplicam na própria mãe o golpe. Postados lado a lado, uma pessoa pula de cada vez. Quando a pessoa do meio está no ar, recebe uma rasteira dupla, levando um tombo que costuma terminar com a cabeça batendo em cheio no chão.
Segundo a revista Veja, Robson já foi candidato a um cargo eletivo nas eleições de 2018, quando tentou ser deputado federal em São Paulo pelo Patriotas. Na ocasião, usou o nome de “Fiunha” em vez de “Fuinha”, e obteve apenas 1.589 votos, ficando longe de conseguir o cargo na Câmara Federal.
Após retirar o vídeo do ar, ele se desculpou em suas redes nas primeiras horas desta quarta-feira (12). “Parece engraçado, mas vocês sabiam que eu poderia ter perdido a minha mãe para essa brincadeira?”, introduz ele. E continua: “Eu tô muito arrependido de ter postado esse vídeo. Eu nunca imaginei que ele seria um viral dessa proporção. Era para ser só mais um meio de entretenimento na internet. (…) Como influenciador eu errei, como humorista eu falhei. Peço desculpas a todos vocês”.
Os movimentos viralizaram e começaram a ser reproduzidos por crianças e adolescentes em várias escolas.
A situação levou o ator e humorista Rafael Portugal, do Porta dos Fundos, a condenar a prática. Ele citou uma outra situação envolvendo uma criança, que preferiu não publicar. “BRINCADEIRA IDIOTA. NÃO FAÇAM ISSO!!! VOCÊ PODE MATAR ALGUÉM!!! Só estou compartilhando pq hoje recebi um vídeo que não irei postar de uma criança convulsionando”, comentou ele, ao postar um dos vídeos, já tirado do ar.
A gravação postada por Portugal, marcada como conteúdo sensível pelo Instagram, mostrava dois jovens dando uma rasteira num senhor que cai, bate a cabeça em cheio no chão, e fica desacordado. Os rapazes riem da situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!