Sergio Cabral cita dois ministros do STJ em delação; saiba quem são - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Sergio Cabral cita dois ministros do STJ em delação; saiba quem são


O ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral cita dois ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em sua delação premiada, fechada com a Polícia Federal e homologada pelo ministro Edson Fachin: Humberto Martins e Napoleão Nunes Maia Filho. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

De acordo com a publicação, os supostos episódios envolvendo os dois ministros já haviam sido contados por outro delator, Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio do Rio de Janeiro, que teve sua proposta de colaboração recusada.

O MPF havia recusado a delação de Diniz porque considerou frágeis seus relatos envolvendo familiares dos dois ministros, bem como uma lista de supostos crimes cometidos por escritórios de advocacia país afora.

Agora, via Polícia Federal, a Procuradoria-Geral da República voltou a ser contra. Mas Edson Fachin topou. (Bahia.Ba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!