Produtor musical é vítima de golpe do WhatsApp em S. A. de Jesus - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Produtor musical é vítima de golpe do WhatsApp em S. A. de Jesus


Está em circulação um novo golpe no WhatsApp que utiliza informações para clonar a conta do usuário e se passar por ele, pedindo dinheiro para amigos e família. O golpe foi noticiado desde meados de outubro e já atingiu inúmeros brasileiros.

Em Santo Antônio de Jesus, mais uma pessoa caiu no famoso “golpe do Whatsapp”. Desta vez a vítima foi o produtor musical conhecido como “Novaes”.

Ele relatou a Clube FM, que golpistas invadiram a sua conta de WhatsApp e mandaram mensagens para vários contatos pedindo que fizesse transferência, “os caras estão pedindo dinheiro a todo mundo”, disse. Não é a primeira vez que esse fato ocorre em nossa cidade, o roubo de informações das redes sociais para pedir dinheiro as vítimas.

No mês de fevereiro a cantora Mara Ribeiro, teve seu número de telefone clonado: sem contar as várias outras pessoas que já passaram pelo mesmo constrangimento.

Caiu em golpe no WhatsApp? Especialista ensina recuperar a conta

Os criminosos se passam pelas vítimas e entram em contato com amigos e familiares para pedir dinheiro. 

“O hacker chama as pessoas que parecem ser amigos, conhecidos ou familiares mais próximos e se passa pela pessoa para pedir dinheiro usando uma escrita correta e poucas palavras, que sejam neutras o suficiente para não levantar suspeitas”, detalhou Abreu.

Para se proteger, o especialista explica que é necessário sempre ficar atento com o discurso da pessoa, percebendo se ele é similar com a linguagem do real dono da conta. “Eu sugiro que a pessoa ligue para o remetente da mensagem confirmando se é ele mesmo ou até enviar mensagens de outras redes sociais para confirmar que é ele mesmo”, detalha.

Se você foi vítima do golpe, Abreu também ensina uma forma de recuperar sua conta. Abra seu WhatsApp no celular, clique no ícone de menu, selecione o WhatsApp Web, toque no botão “Sair de todas as sessões” e confirme clicando em “Sair”.

Se por algum motivo a remoção não der certo, o especialista afirma que será necessário desativar a conta. Para isso, envie um e-mail parasupport@whastapp.com e copie esse texto no corpo do e-mail: “Lost/Stolen: Please deactivate my account”, indicando o número do celular com o código do país (+55) e o DDD para que a conta seja localizada.

Por fim, o especialista aconselha resetar e restaurar o celular com os padrões de fábrica após todos os procedimentos, para eliminar qualquer hipótese do invasor continuar utilizando a conta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!