Passageiros pulam de ônibus em movimento durante arrastão em coletivo; motorista leva coronhadas durante ação - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Passageiros pulam de ônibus em movimento durante arrastão em coletivo; motorista leva coronhadas durante ação


Um motorista ferido a coronhadas e passageiros, em pânico, pulando de um ônibus em movimento. Esse foi o resultado da ação de bandidos em um coletivo da empresa Costa Verde que faz linha Portão/Estação Pituaçu, no bairro de Itinga, Região Metropolitana de Salvador (RMS), na noite de sexta-feira (28).

Em entrevista em primeira mão ao BNews, o diretor jurídico do Sindicato dos Rodoviários Metropolitanos de Salvador, Alagoinhas e Paulo Afonso (Sindimetro), José Nilson, contou detalhes da ação criminosa que deixou um rodoviário ferido. 

“O ônibus estava em um trecho entre Itinga e a entrada de Villas de Atlântico quando dois homens deram ordem para os passageiros entregarem os pertences. E começaram a fazer o arrastão dentro o veículo. O motorista não percebeu que a porta traseira ficou aberta e os passageiros, em pânico, começaram a pular do coletivo, enquanto trafegava na via, na tentativa de fugir do roubo”, descreveu.

Ao todo, a dupla de suspeitos levou o aparelho celular do motorista, uma pequena quantia do caixa do cobrador e quase dez celulares dos passageiros.

“Um dos momentos de mais tensão foi quando um dos acusados tentou disparar contra o motorista devido a porta estar aberta. A arma travou e ele não conseguiu efetuar o disparo. Mas não satisfeitos o homem aramado desferiu cinco coronhadas contra a cabeça do trabalhador e ainda roubou o celular dele”, detalhou José Nilson. 

Após o susto, o motorista foi acompanhado pelo dirigente do sindicato para o hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, onde foi medicado e liberado. O rodoviário seguiu para delegacia de Itinga, onde ele e a única passageira que ficou no coletivo após o roubo prestaram queixa sobre o assalto.

De acordo com o sindicalista, em oito dias, desde o começo oficial do Carnaval, na quinta-feira (20), até a última sexta-feira (28), foram registrados 11 roubos a coletivos nesse mesmo trecho. Mais de um assalto a ônibus por dia.

“Nós do Sindimetro vamos enviar dois ofícios para a 52ª Companhia da Polícia de Lauro e para a 81ª de Itinga para pedir reforço nas blitzes para tentar inibir a ação dos assaltantes que têm como alvo os ônibus. Caso essa segurança não seja feita, vamos parar o serviço”, afirmou o dirigente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!