Enem foi tema de 507 ações judiciais ao longo de 2019; oito delas na Bahia - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Enem foi tema de 507 ações judiciais ao longo de 2019; oito delas na Bahia


O ano de 2019, entre tantas outras questões, foi marcado pela realização de um Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) polêmico, com inúmeras denúncias nas searas administrativa e judicial. Segundo dados da Procuradoria Geral da Fazenda (PGF), no período, 507 processos judiciais tramitaram com este assunto.

Os dados foram obtidos pelo Fiquem Sabendo e mostram que o Distrito Federal bateu recordes de ações ajuizadas, com 227 processos abertos. Em seguida aparecem Minas Gerais (48), São Paulo (44) e Rio de Janeiro (32).

Já na outra ponta estão Tocantins, Roraima e Amapá, com um processo cada, além de Sergipe e Santa Catarina, ambos com duas ações ajuizadas em razão de problemas com o Enem. Na Bahia, foram protocolados oito novos processos.

De acordo com a Advocacia Geral da União (AGU), “não há a informação do mérito principal das demandas, mas apenas o assunto cadastrado”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!