Ceará e Minas gastam mais com Segurança do que com Educação - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Ceará e Minas gastam mais com Segurança do que com Educação


Os governos do Ceará e Minas Gerais foram os que mais ampliaram seus gastos com Segurança Pública em ritmo superior aos destinados a pastas como Saúde e Educação nos últimos cinco anos, de acordo com um levantamento feito pelo jornal GLOBO. O Ceará, inclusive, vive uma paralisação de parte dos policiais militares que cobram reajuste salarial. 

No caso do estado nordestino, os valores pagos pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social superaram em 2019 os gastos da Secretaria de Educação. Em Minas, mesmo sem reajuste entre 2015 e 2019, a Polícia Militar foi a única que teve aumento real da verba na comparação com as pastas de Saúde e Educação.

Ainda de acordo com o levantamento, com o reajuste de 40% escalonado pelos próximos três anos proposto pelo governador Camilo Santana (PT), mas rejeitado pelos policiais militares, o piso salarial da PM do Ceará ficaria entre os cinco maiores do país.

O piso da corporação no Ceará é de R$ 3,2 mil, mesmo patamar de Minas antes do reajuste de Romeu Zema (Novo), de 41,7%. No caso do Ceará, vereadores e deputados estaduais oriundos das forças policiais têm pressionado o governo para ceder às demandas dos amotinados, usando o caso de Minas como exemplo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!