Maia critica dois ministros de Bolsonaro: "Radicalizaram" - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Maia critica dois ministros de Bolsonaro: "Radicalizaram"


Durante um evento em São Paulo, realizado na última quarta-feira (29), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Educação, Abraham Weintraub, radicalizaram demais e perderam a condição de interlocução. Segundo Maia, eles fragilizaram a posição do governo do presidente Jair Bolsonaro em duas áreas que avalia como fundamentais.

De acodo com informações do site Terra, Maia afirmou que o crescimento econômico pode ser menor que o esperado neste ano por causa da questão ambiental e que a atuação de Weintraub no Ministério da Educação manda um sinal ruim para investidores.

"Eu não sei como o governo vai fazer com o seu ministro do Meio Ambiente. Acho que, de alguma forma, ele perdeu as condições de ser o interlocutor. Acho que ele radicalizou demais, não sei se combinado com o presidente ou não. A mesma coisa com o Ministério da Educação", disse Maia.

"Como é que faz para o investidor olhar que o Brasil tem um ministro da Educação desse? Então esse país não tem futuro. E parece que tem um passado ruim, porque conseguiu fazer um cara desse ministro da Educação. Que construção que nós tivemos", disparou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!