Ex-presidente da Braskem cita email de Marcelo Odebrecht para sustentar acusação de fraude - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Ex-presidente da Braskem cita email de Marcelo Odebrecht para sustentar acusação de fraude


O ex-presidente da Braskem José Carlos Grubisich deu mais um passo em sua alegação de que a Odebrecht favoreceu um grupo de bancos, em detrimento de outros credores, ao oferecer-lhes reforço de garantia com ações da petroquímica, quando o grupo já se encontrava em situação de insolvência. 

Em nova petição apresentada nesta terça-feira (7) no recurso da recuperação judicial, Grubisich menciona um dos emails de Marcelo Odebrecht que questiona possíveis conflitos de interesse na alienação fiduciária das ações da Braskem. 

Na petição, o ex-executivo diz que a manifestação da Odebrecht na disputa confirma a tese dele ao apontar que as dívidas bancárias garantidas por ações da Braskem somam R$ 13 bilhões e só R$ 4,1 bilhões seriam empréstimo de dinheiro novo. Para Grubisich, seria, então, o reconhecimento de que o resto são dívidas antigas roladas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!