“Deixa pra lá esse caso, vira essa página”, diz Mourão sobre telefone de desculpas de Witzel - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

“Deixa pra lá esse caso, vira essa página”, diz Mourão sobre telefone de desculpas de Witzel


O presidente em exercício, Hamilton Mourão, não quer mais remoer o episódio envolvendo o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. “Deixa pra lá esse caso, vira essa página”, disse ele ao ter sido questionado sobre a ligação de desculpas de Witzel, nesta segunda-feira (27).

Após o governador gravar e divulgar uma ligação entre os dois, Hamilton Mourão também afirmou que ele não tem "ética" e "moral". “Em relação ao governador Wilson Witzel, ele diz que foi fuzileiro naval. Eu acredito que ele esqueceu a ética e a moral que caracterizam as Forças Armadas”, disse.

Ao deixar a Vice-Presidência na noite desta segunda, Mourão conversou com o presidente Jair Bolsonaro sobre o assunto e afirmou que os dois concordaram que Witzel deveria ter avisado que faria a gravação:

Por meio de nota, o governo do Rio declarou que a divulgação do vídeo nas redes sociais tinha como objetivo de apenas "tranquilizar os moradores de cidades do Noroeste do estado fortemente atingidas pelas chuvas". 

Leia a íntegra da nota:
"O vídeo divulgado nas redes sociais do governador Wilson Witzel tem somente a intenção de tranquilizar os moradores de cidades do noroeste do estado, fortemente atingidas pelas chuvas e, em função disso, sem item básico neste momento que é água para consumo. A informação de que os governos estadual e federal estarão juntos para atender demandas básicas da população da região não tem qualquer outra conotação que não demonstrar união num momento de necessidade do povo. Por isso é importante e de interesse público.

A disposição de auxiliar a região demonstrada pelo presidente em exercício, Hamilton Mourão, é prova do compromisso com as vítimas desta calamidade que trouxe grandes prejuízos a várias cidades fluminenses. Ressalte-se que o telefonema caracteriza uma conversa de trabalho, buscando uma solução para um problema específico. E a sensibilidade demonstrada pelo presidente em exercício evitará o sofrimento de milhares de pessoas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!