Ministro descarta greve de caminhoneiros e diz que governo mantém boa relação com a classe - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Ministro descarta greve de caminhoneiros e diz que governo mantém boa relação com a classe


Apesar dos rumores neste fim de semana de uma nova paralisação geral de caminhoneiros, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, descartou a possibilidade. Segundo ele, não houve nenhum indício de que o movimento seria aderido nesta segunda-feira (16), e afirmou que não foi detectado nenhum ponto de bloqueio nas rodovias.

"Hoje era o dia do início e não está tendo nada nas estradas, não houve ponto de bloqueio", disse o ministro, que alegou que o Governo Federal mantém uma boa relação com a classe.

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, durante reunião em Brasília nesta segunda-feira (16), o ministro ressaltou que "há um respeito" entre caminhoneiros e o governo, e que recentemente conseguiram manter o diálogo e as "portas abertas" para buscarem soluções para a classe.

O líder da pasta avisou que podem ser colocadas em práticas medidas discutidas ao longo dos encontros do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário De Carga (Fórum TRC). No início do mês, foi realizada a 35ª reunião do grupo que representa 2,6 milhões de caminhoneiros, 37.386 empresas, 1.584 sindicatos e 75 federações.

Entre as ações já implementadas, segundo Tarcísio, estão a diminuição da multa por excesso de peso e a obrigação de concessionárias construírem pontos de parada e descanso em rodovias, segundo informações do UOL. Para o futuro, serão implantados o sistema de documentação de transporte eletrônico e a resolução que trata do código identificador da operação de transporte.

"Ele vai simplificar muito a vida do caminhoneiro, diminuir tempo de parada em posto fiscal, permitir agendamento portuário automático, diminuir a necessidade de ter atravessador na ponta, isso aumenta a renda", explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!