Cercado de polêmica, especial de Natal bate recorde na Netflix - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Cercado de polêmica, especial de Natal bate recorde na Netflix


Cercado de polêmicas e criticado por religiosos, o especial de Natal do canal Porta dos Fundos em parceria com a Netflix, “A Tentação de Cristo” foi a produção brasileira mais assistida da história do streamming. A informação é da colunista do O Globo, Patrícia Kogut.

Além disso, os bons resultados na audiência fizeram com que o Porta dos Fundos e a Netflix confirmassem o especial de Natal para 2020.

Recém-lançado pela Netflix, o especial tem incomodado os religiosos mais conservadores por fazer uma sátira sobre Jesus Cristo, interpretado por Gregório Duvivier. No filme, ele se apaixona por outro homem, vivido por Fábio Porchat.

A produção de 2020 será o terceiro especial de Natal da parceria entre Porta dos Fundos e Netflix. O primeiro, lançado em 2018, venceu o Emmy Internacional de melhor comédia.

Esclarecimentos

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara aprovou nesta terça-feira, 17, a convocação de representante da Netflix para prestar esclarecimentos sobre o filme em parceria com o Porta dos Fundos.

O requerimento aprovado é de autoria do deputado Julio Cesar (Republicanos-DF). Ele se baseia no artigo 208 do Código Penal para caracterizar a produção como vilipêndio. O trecho determina que quem “vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso” poderá ser detido de 1 mês a 1 ano, ou ser submetido ao pagamento de multa.

Um abaixo-assinado que pede a remoção do filme do catálogo da Netflix circula pelas redes, e até agora, já tem mais de 1,7 milhão de assinaturas. (A Tarde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!