‘Baralho do Crime’ é atualizado na BA; suspeitos de tráfico e homem que fugiu de presídio vestido de mulher entram no catálogo - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

‘Baralho do Crime’ é atualizado na BA; suspeitos de tráfico e homem que fugiu de presídio vestido de mulher entram no catálogo


Seis cartas do “Baralho do Crime” da Secretaria da Pública da Bahia (SSP-BA), ferramenta que reúne os criminosos mais procurados do estado, foram atualizadas nesta terça-feira (17). Entre os novos integrantes do catálogo estão homens procurados por tráfico de drogas, homicídios e um que fugiu do presídio vestido de mulher.

Segundo a SSP, Cristiano da Silva Moreira, conhecido como “Dignow”, “Maluco” ou “Azuado” é o novo “Ás de Ouro”, maior carta do baralho, que antes estava com José Francisco Lumes, o “Zé de Lessa”, considerado o maior traficante da Bahia e assaltante de bancos que atuava também em outros estados. Ele foi morto em confronto com policiais militares, no Mato Grosso do Sul, no início desse mês.

“Dignow” foi um dos suspeitos procurados durante operação deflagrada na Bahia contra um grupo envolvido em vários crimes, no final da manhã desta terça. Ele é suspeito de atuar com tráfico de drogas no bairro de Brotas, em Salvador, e já estava no Baralho do Crime, onde ocupava a carta “Três de Paus”.

Wilson Santos Soledade, conhecido como o “Índio”, é o novo “Rei de Ouros”. O suspeito, procurado por homicídio qualificado, em Igauí, cidade a cerca de 497 km de Salvador, fugiu de um presídio vestido de mulher. O local e a data da fuga dele não foram detalhados pela SSP. O suspeito entrou no lugar de Allan de Araújo Ferreira, o “Allan Cabeludo”.

Já Adilton dos Santos Souza, conhecido como “Adilton Negão”, “Jogador” ou “Samurai”, é o novo “Três de Paus”. Ele é suspeito de comandar o tráfico de drogas em Feira de Santana, cidade a 100 km de Salvador e tem participação em homicídios.

De acordo com a SSP, Jhon Herbert Silva de Sousa, o “Saul”, e Cleidson Pereira Vieira, conhecido como “Alemão”, que também atuam na capital baiana, são os novos “Dez” e “Três de Ouros”, respectivamente.

Procurado por homicídio, “Saul” passa a ocupar o lugar de Abel Miranda Campos. Já “Alemão”, com mandado de prisão por tráfico de drogas, substitui Antônio Moreira da Costa Júnior.

Já o suspeito de homicídios Anderson da Silva Bacelar, conhecido como “Anso”, que atua município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, passa a preencher o lugar que antes era de Anaílton de Jesus Marinho, o “Pito”, com a carta “Três de Espadas”.

O “Baralho do Crime” é um catálogo que reúne informações dos foragidos mais perigosos do estado, como nome, apelido, área de atuação, além da foto. A divulgação tem o objetivo de contar com a ajuda de denúncias anônimas que possam colaborar na localização dos criminosos.

O catálogo completo pode ser acessado no site da SSP-BA. Quem tiver informações sobre os criminosos procurados pode entrar em contato com a polícia através do Disque Denúncia, por meio dos telefones de números 3235-0000 (capital) e 181 (interior). (G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!