Carro cai em buraco após asfalto ceder no Rio Grande do Sul - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Carro cai em buraco após asfalto ceder no Rio Grande do Sul


Imagens de uma câmera de segurança da Prefeitura de Flores da Cunha, na serra gaúcha, mostram o momento em que uma cratera se abriu na Rua General João Manoel, no Centro da cidade, após a passagem de um caminhão. O carro que vinha logo atrás acabou caindo no buraco.
O acidente aconteceu na tarde de terça-feira (19). No Honda City estavam mãe e filha. A mulher teve ferimentos leves e foi encaminhada a um hospital.

“A gente estava indo e caiu. Simplesmente caiu do nada. Daí a gente abriu as portas do carro e tentamos sair. Veio um homem e subiu no capô para nos ajudar”, conta Andressa Cavagnolli Carnesela, de 12 anos, que estava no veículo com a mãe.

“A minha enteada me ligou dizendo que a mãe dela tinha caído no buraco e que estavam bem, só tinha fraturado o nariz. Só que só quando cheguei aqui, vi que o buraco engoliu completamente o carro”, conta o marceneiro Edílio Matos da Silva.

A mãe de Andressa, de 34 anos, segue em observação no Hospital do Círculo, em Caxias do Sul, também na Serra. Segundo a família, ela fraturou o nariz e passou por exames.
O trecho da rua que cedeu fica sobre uma galeria de escoamento de água e esgoto. Segundo a prefeitura, a construção de pedras tem cerca de 50 anos. A suspeita é de que o movimento constante de caminhões por causa de uma obra próxima tenha causado o colapso na sustentação da galeria.
Moradores do bairro Aparecida ficaram sem água. O encanamento da rede de abastecimento se rompeu com a queda do asfalto. A cratera começou a ser fechada nesta quarta (20).
Em nota, a Secretaria de Planejamento, Meio Ambiente e Trânsito informou, ainda na terça, que “manutenções são realizadas, sob demanda, pela Secretaria de Obras e Viação, para prevenir situações como esta. Porém, não foi possível a constatação antecipada, uma vez que no local não haviam sinais aparentes”.
“Os técnicos visitaram o local para diagnosticar e definir as próximas ações a serem tomadas pela prefeitura”, segue a nota.
“Salientamos que foram prestados todos os atendimentos necessários às duas vítimas, que sofreram apenas lesões leves. Todas as questões burocráticas que envolvem o incidente estão sendo tratadas pela procuradoria geral do município”, conclui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!