Após pedido de Coronel, CPI das Fake News vai cumprir prazo regimental de 180 dias - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Após pedido de Coronel, CPI das Fake News vai cumprir prazo regimental de 180 dias


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, deferiu em Plenário, nesta terça-feira (5), pedido de questão de ordem do senador Angelo Coronel (PSD-BA) para não considerar como uma comissão temporária a ser extinta ao fim da legislatura a CPI mista que investiga as chamadas fake news. Dessa forma, a CPI poderá funcionar até 2020, mantido o prazo de 180 dias para o seu funcionamento. Davi informou ainda que o andamento da CPI mista não será prejudicado com o fim do ano legislativo de 2019. Coronel receava que com pouco tempo de existência e de trabalho da CPI Mista das Fake News, não houvesse a possibilidade de conclusão de seus trabalhos.

A CPI mista foi instalada no dia 4 de setembro e, pelo artigo 76 do Regimento Interno do Senado Federal, tem prazo de 180 dias para trabalhar, podendo ser prorrogada. Com o recesso de final de ano, a contagem será interrompida e o prazo de encerramento será dia 13 de abril de 2020. Davi Alcolumbre esclareceu que mesmo a CPI sendo uma comissão temporária, sua vigência não será encerrada com o final do ano legislativo.



Informações da Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!