Custodiado na Delegacia de SAJ, acusado de matar criança a facadas praticou furtos, se arrependeu e devolveu bebidas furtadas , diz delegado - SAJ PUBLICIDADE

DESTAQUES

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Custodiado na Delegacia de SAJ, acusado de matar criança a facadas praticou furtos, se arrependeu e devolveu bebidas furtadas , diz delegado


Em entrevista ao quadro ‘O que diz a Lei’ conduzido pelo advogado Dr. João Gabriel durante o Programa do Valente recebeu o Delegado titular da 4ª Coorpin de Santo Antônio de Jesus que falou sobre a investigação do crime em que Edilton Araújo é acusado de matar a facadas seu enteado Miguel Martins Pita, de 4 anos, e tentado assassinar também a facadas a namorada e mão da criança, Manuela Silva Costa no último sábado no município.
Dr. Adilson que conversou com o acusado que está custodiado na Delegacia de Santo Antônio de Jesus, diz que ele confessou o crime porque a criança estava chorando muito. “Ele disse isso sem demonstrar remorso, tranquilo e sabendo o que fez. Não demonstrou ser louco nem doente mental. Constatamos que o crime se deu inicio no banheiro, corredor até a janela com uma poça grande de sangue na sala, onde a criança efetivamente foi morta. Encontramos uma pequena quantidade do entorpecente conhecido como maconha e ouvimos a vítima no hospital que ratificou o que tínhamos visto na perícia”, detalhou.
Ainda sobre os comentários de que o acusado teria uma vasta ficha criminal, o delegado conta que algumas situações foram registradas. “Ele foi preso em Janeiro de 2016 motivado por estar dirigindo embriagado e ter causado um acidente a um casal e uma das vítimas tem a perna amputada até hoje. Em junho desse ano cometeu o roubo a um posto de gasolina, mas posteriormente foi até o proprietário e teria devolvido o dinheiro. Há 15 dias, estava no aniversário de um aluno da turma de Direito da qual ele faz parte e furtou nessa fazenda aproximadamente 40 litros de bebidas e nesse local tinha câmera e quando começou a ingerir essas bebidas postava no instagram e foi até o proprietário pedir desculpas e afirmou ser usuário de drogas e que queria se limpar, a vítima de bom coração o ajudou financeiramente no tratamento”, contou.
O assassinato de Miguel Martins Pita Costa, de 4 anos, no último sábado em Santo Antônio de Jesus chocou toda a região. A criança que foi morta a golpes de facadas pelo acusado e padrasto Edilton Araújo após uma discussão entre a mãe que também foi atingida e o companheiro dela na Rua Sergipe no referido município. blogdovalente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!